A Ordem

A Ordem dos Frades Menores Conventuais

É a Ordem religiosa fundada por S. Francisco de Assis, com o nome de Frades Menores. A este nome, quase desde os inícios, se acrescentou a denominação de Conventuais. Os membros da Ordem chamam-se Frades Menores Conventuais.

Desde a sua fundação a nossa Ordem, por vontade do Pai São Francisco, é uma verdadeira fraternidade; por isso, os seus membros, constituindo como irmãos uma única família, participam na vida e nas obras da Comunidade segundo a condição de cada um.

São Francisco quis que os seus frades se chamassem Frades Menores, para que «do próprio nome os seus discípulos aprendessem que vieram à escola de Cristo humilde para aprender a humildade».

O fundamento da Ordem é a profissão religiosa, com a qual os frades se dedicam à vida evangélica de perfeita caridade, não apenas através dos meios comuns de santidade, mas também com o vínculo dos votos de obediência, pobreza e castidade, emitidos publicamente, por meio dos quais se consagram a Deus através do ministério da Igreja, como também através da observância da vida comunitária, da Regra e das Constituições, segundo o espírito da ordem seráfica. Com a profissão dos votos solenes os frades são incorporados definitivamente na Ordem.

Quem entra na vida Religiosa Franciscana não tem como objetivo primeiro ser sacerdote, ser padre. Tem, em primeiro lugar, a vontade de ser franciscano, de ser irmão, de ser frade. O ideal de vida dos Franciscanos é o mesmo para todos: seguir Jesus Cristo a modo de Francisco de Assis. O que todos tem em comum é o compromisso de viver segundo “a forma do Santo Evangelho”.

FRANCISCANOS CONVENTUAIS 2